Equipamentos da HEM em sete dos dez maiores super-iates lançados em 2019

A HEM (Hydro Electrique Marine), parte do Grupo Evac desde 2018, construiu sua reputação como marca líder na Europa em uma vasta gama de dessalinizadores e sistemas de tratamento de água doce para super-iates.

A HEM (Hydro Electrique Marine), parte do Grupo Evac desde 2018, construiu sua reputação como marca líder na Europa em uma vasta gama de dessalinizadores e sistemas de tratamento de água doce para super-iates.

Em 2019, a HEM forneceu equipamentos a sete dos dez maiores super-iates lançados no mundo. Isso demonstra o compromisso da empresa em proporcionar engenharia de qualidade e serviço em um setor de mercado altamente exigente.

Durante muitos anos, os super-iates eram equipados com dessalinizadores de osmose reversa, mas atualmente a geração e a purificação de água doce têm um significado muito mais importante, devido às preocupações ambientais. Ao produzirem sua própria água doce, os super-iates passam a depender menos da água da costa e, em muitos casos, o consumo de água engarrafada pode ser reduzido, o que ajuda a reduzir o risco de poluição nos oceanos.

“Pode demorar algum tempo até que a água engarrafada desapareça da mesa de jantar, mas cada vez mais as pessoas estão perguntando sobre formas de tornar a água dessalinizada mais agradável e amplamente acessível aos membros da tripulação”, afirma Jaco Conradie, chefe do negócio de super-iates do Grupo Evac.

Geração de água doce de alta qualidade para super-iate construído na Alemanha

O maior super-iate a que a empresa forneceu equipamentos em 2019 foi uma embarcação de 140 metros construída em um estaleiro alemão. Foi equipado com um dessalinizador da HEM com capacidade para produzir 100 toneladas de água doce por dia.

Embora o super-iate gere seu próprio suprimento de água potável no mar, ele utiliza um suprimento em terra quando está no porto. É essencial que o suprimento de água não contenha bactérias e, para tal, ele é tratado com cloro à medida que entra nos reservatórios de água doce. Para manter uma qualidade consistente da água que circula pelo sistema, esta é monitorada por uma unidade ORP da HEM, que garante que seja sempre estéril e segura.

A HEM também forneceu um descalcificador que melhora ainda mais a qualidade da água, ao mesmo tempo que diminui o risco de incrustação nas tubulações associadas à água dura, que é frequentemente encontrada nas marinas dos super-iates.

Por último, passa por um sistema de filtração de água doce, onde é pré-filtrada e, em seguida, passa por um filtro de carvão ativo que a torna mais agradável e palatável.

Em uma embarcação de grande porte, outra consideração importante é o fornecimento de água para lavar o casco e o convés. A HEM forneceu duas unidades Pure RO que produzem água desmineralizada que não deixa vestígios, economizando tempo e mão de obra nas lavagens.

“O escopo do equipamento neste iate demonstra o que pode ser alcançado na geração de água potável e desmineralizada da mais alta qualidade para uma série de finalidades”, afirma Jaco Conradie.

Equipamento ecológico para super-iate italiano

Outro grande projeto de 2019 foi o fornecimento de equipamento para um iate de 108 metros construído em Itália. Foi equipado com um dessalinizador da HEM com capacidade para produzir 80 toneladas de água doce por dia.

A HEM também forneceu um sistema de tratamento de água doce incorporando pré-filtração, um filtro de carvão ativo para melhorar o sabor da água, além de um esterilizador de íons de prata e cobre.

O uso de prata e cobre é uma combinação muito eficaz para garantir que a água permaneça fresca e pura. O cobre decompõe qualquer biofilme que esteja presente na tubulação de distribuição, permitindo que os íons de prata neutralizem quaisquer bactérias que sejam capturadas.

A prata é particularmente eficaz em sistemas de fluxo lento e reservatórios de água, o que significa que os produtos químicos para remoção de biofilme não são mais necessários. O uso do sistema combinado de cobre/prata em vez de produtos químicos é ecológico, pois os níveis de íons estão bem abaixo dos padrões legais e não afetam o meio ambiente. Outra vantagem é que não é conferido nenhum sabor ou cheiro à água, o que a torna mais agradável.

O pacote de equipamentos foi completado com um descalcificador que evita problemas de incrustação com água dura.

Sistema flexível para super-iate holandês

No ano passado, o terceiro maior super-iate a ser equipado com equipamentos da HEM foi um navio de 93 metros construído na Holanda. Os requisitos de geração de água doce são atendidos por um dessalinizador capaz de produzir 75 toneladas de água potável por dia. A flexibilidade do sistema significa, por exemplo, que as piscinas e jacuzzis podem ser enchidos rapidamente durante os horários de pico.

A água passa então para um sistema de tratamento de água doce da HEM, uma unidade compacta que abriga a pré-filtração e um filtro de carvão ativo. Na etapa seguinte, passa por um esterilizador de duas etapas, que incorpora tratamentos de íons de prata e UV. Além disso, o navio foi equipado com uma unidade Pure RO para produzir água desmineralizada para lavar o casco.

Em 2019, a HEM também forneceu sistemas para outros quatro super-iates com comprimentos entre 80 e 90 metros, colocando-os no “Top dez” do ano.

“Estamos muito satisfeitos por termos fornecido sistemas para essas embarcações. É um mercado que exige qualidade e confiabilidade, mas também existe uma consciência cada vez maior das preocupações ambientais, uma área em que podemos oferecer maior sustentabilidade por meio da geração de água doce”, concluiu Jaco Conradie.