Mais detalhes sobre a tecnologia UV

O Evac Evolution BWMS se ajusta automaticamente a diferentes qualidades da água do mar, compensando, quando necessário, as alterações nos níveis de sedimentos. O principal fator que diferencia o sistema é a relação entre os sensores de transmissão UV (UVT) e os medidores de intensidade UV (UVI), que criam um ciclo de “feedback”, garantindo que a dosagem correta de UV seja aplicada.

  • Dosagem precisa para diferentes qualidades de água do mar
  • Projeto otimizado da câmara UV
  • Lâmpadas de média pressão para maior eficácia
  • O Evac Evolution é o único BWMS dotado de sensores de transmissão UV por padrão. Com outros sistemas, os sensores são cobrados à parte.

Medidores UVI

Os medidores de intensidade UV são instalados nas paredes dos reatores UV e medem a intensidade real da luz UV recebida durante a irradiação. Essa relação cria um ciclo de “feedback” no qual a dose calculada é comparada continuamente com a dose real. Se a dose real estiver dentro dos limites prescritos, o tratamento da água de lastro continuará normalmente. No entanto, se a dose for menor, a unidade de controle de automação indicará a necessidade de um ciclo de limpeza ou troca da lâmpada. A potência máxima é usada apenas ocasionalmente, quando as condições assim exigirem. As leituras do sensor de transmissão UV são gravadas automaticamente. Isso fornece ao proprietário a prova de que o sistema está funcionando de acordo com as especificações.

Projeto melhorado da câmara UV

O reator foi projetado para atender ao nível de irradiação exigido pelo padrão “vivo/morto” da Guarda Costeira dos EUA, enquanto outros recursos prolongam o tempo de exposição à água do mar. Além de criar um fluxo helicoidal quando a água entra na câmara, seu caminho é interrompido para causar um movimento lateral. Isso traz os organismos às margens do fluxo para mais perto da luz emitida pelas lâmpadas UV em um ciclo de repetição, à medida que a água passa pelas câmaras.

Sensores UVT

Os sensores UVT medem a transmitância da luz UV através de uma amostra de água do mar antes que ela chegue aos reatores UV. O teste é feito no mesmo comprimento de onda (UVC 254nm) da luz biocida emitida pelas lâmpadas UV. A partir desses dados, a unidade de controle de automação calcula a dosagem correta de UV.

Lâmpadas UV de média pressão para maior eficácia

O sistema Evac Evolution usa lâmpadas UV de média pressão devido ao seu potencial superior de desinfecção. O amplo espectro UV dessas lâmpadas permite uma inativação mais eficaz de organismos, em uma também ampla variedade de qualidades de água, particularmente nas mais exigentes condições de água doce ou salobra. As lâmpadas de média pressão têm vários picos de UV-C, o espectro biocida que torna inativa organismos e patógenos. As lâmpadas de baixa pressão têm muito menos picos e, portanto, a água de lastro não é tão completamente irradiada. As luvas de quartzo ao redor das lâmpadas UV são revestidas durante a fabricação a fim de filtrar os comprimentos de onda mais baixos no espectro UV. Isso elimina a produção de ozônio e outros poluentes químicos na água tratada, garantindo que o sistema esteja totalmente livre de produtos químicos. As lâmpadas UV podem ser facilmente removidas das luvas de quartzo, apenas desencaixando e removendo as conexões elétricas. O acesso para isso é feito por uma única extremidade da câmara. Como as câmaras são relativamente curtas, o comprimento das lâmpadas (1175 mm) é igualmente compacto e, portanto, é necessário menos espaço para realizar a manutenção.

The UV lamps can be easily removed from the quartz sleeves by releasing the snap-tight electrical connections and withdrawing them. Access is only required from one end of the chamber in order to do this. As the chambers are relatively short, the length of the lamps (1175mm) is equally compact and therefore less space is required in order to carry out maintenance.