Prevenção de crescimento marinho

Nossos sistemas de prevenção de crescimento marinho (MGPSs) da Cathelco para encanamentos em água do mar são de instalação fácil e econômica, e podem ser encontrados em mais de 50.000 navios ao redor do mundo. Projetados para eliminar obstruções causadas por crescimento de cracas e mexilhões em canos arrefecedores de água do mar, os sistemas estão disponíveis para embarcações de todos os tamanhos, inclusive em versão mini para iates de luxo.

 

Os principais recursos dos sistemas de prevenção de crescimento marinho da Cathelco

  • Nossos sistemas são baseados no princípio eletrolítico, fornecendo proteção contínua e confiável sem agentes químicos
  • Um sistema duplo que combina uma pintura antivegetativa com supressão corrosiva
  • Uma gama de painéis e ânodos de controle está disponível para embarcações de todos os tipos
  • Cada sistema é personalizado para sua aplicação específica, garantindo ótima eficiência
  • A operação automática significa que o sistema exige atenção mínima, economizando tempo da tripulação
  • Instalação fácil – os ânodos podem ser instalados em caixas de mar ou filtros, durante a construção da embarcação ou como um projeto de modernização.
  • Ecologicamente correto – não envolve o uso de produtos químicos à base de cloro ou cancerígenos.
  • Aprovado pelas sociedades de classificação
Descrição da tecnologia

Novos regulamentos da União Europeia para biocidas

Desde setembro de 2015, os proprietários e operadores de embarcações que navegarem pelas águas europeias devem garantir que seus sistemas de prevenção de crescimento marinho cumpram o Regulamento de Biocidas da UE (EU Biocides Regulation 528/2012). A Cathelco é uma das poucas empresas listadas de acordo com o artigo 95, o registro oficial de fornecedores aprovados de substâncias ativas reconhecidos pela Agência Europeia de Substâncias Químicas (ECHA). Isso faz com que a instalação de equipamentos e ânodos genuínos da Cathelco seja uma maneira segura de garantir a conformidade com as normas. O não uso de equipamentos de um fornecedor autorizado pode afetar o Passaporte Verde de um navio, levando a penalidades financeiras e até prisão.